Vereadores comemoram a sanção da lei que permite contratação de novos profissionais da saúde

por Marcela Jansen Silva Romero publicado 13/01/2023 11h55, última modificação 16/01/2023 14h50

O presidente da Câmara Municipal de Rio Branco em exercício, vereador Fábio Araújo, participou na manhã de quinta-feira, 12, juntamente com o prefeito Tião Bocalom, da sanção da lei permite a contratação de profissionais da área da Saúde por meio de chamamento público emergencial.

A proposta foi aprovada no parlamento municipal em dezembro passado e tem como objetivo suprir o déficit nas unidades de Atenção Básica até que um novo concurso seja realizado pelo Executivo.

Ao todo serão contratados 263 profissionais para prestação de serviços nas áreas de Assistência médica especializada, Enfermagem, Fisioterapia, Odontologia, Psicologia, Fonoaudiologia, Psiquiatria, Biomedicina, Assistência social, Nutrição, e Serviços farmacêuticos.

“Nós defendemos concurso público, mas também defendemos que nossa população também tenha atendimento imediato. Diante disso, a Prefeitura, com o apoio da Câmara de Rio Branco buscou a melhor forma de atender essa demanda e suprir o déficit nas unidades básicas de saúde. A sanção desta lei é a garantia que o nosso povo tem de que novos profissionais serão contratados, garantindo o devido atendimento de saúde. Aproveito a oportunidade para reforçar o apoio da Câmara de Rio Branco com a população rio-branquense”, disse o presidente da Câmara em exercício, vereador Fábio.

O prefeito Bocalom reforçou que a nova lei vai ajudar a Atenção Básica. "Um concurso público demora no mínimo um ano para ser preparado, e precisamos resolver esse problema de forma célere e o mais importante é que vamos ter médicos e outros profissionais em todas as unidades de saúde de Rio Branco", pontuou o prefeito Bocalom.

Ainda de acordo com o prefeito, as vagas serão preenchidas em até 90 dias. “Eu acredito que no máximo dentro de um mês já teremos uma boa parte que já começa a entrar na rede. Acredito que, até fechar tudo isso, deverá demorar 60, 90 dias pra poder ajustar tudo”, frisou ao destacar ainda que “até o final do ano a prefeitura estará lançando concurso público para diversas áreas do município”.

A secretária Municipal de Saúde, Sheila Andrade, destacou que nos próximos dias estará lançando seis frentes de serviços para reforma e ampliação de unidades de saúde. "Essa medida que tem validade de seis meses, podendo ser renovada por mais seis meses, beneficiará diretamente a população. Nosso compromisso é com a população que usa o nosso serviço de saúde. Serão mais de 260 profissionais, sendo que deste, 58 são médicos", disse a secretária.

Também participaram do ato os vereadores Francisco Piaba, Rutênio Sá, Antonio Morais e Ismael Machado.