Vereador Luz cobra plano do governador para doentes crônicos durante epidemia

por Victor Augusto Farias publicado 28/05/2020 15h21, última modificação 28/05/2020 15h21

O vereador João Marcos Luz (MDB) fez um clamor ao governador Gladson Cameli durante a sessão digital da Câmara Municipal de Rio Branco nesta quinta-feira, 28 de maio. O emedebista solicitou um plano do Governo do Estado para atender os doentes crônicos neste período de pandemia do coronavírus. Para ele, estas pessoas foram abandonadas pelo Poder Público.

 

“Quero trazer um clamor dos doentes crônicos, daqueles que precisam fazer hemodiálise. Estas pessoas, de alguma forma, foram abandonadas pelo Governo, pela Saúde Pública. Logo que começou a pandemia, ficou um tempo parado, com as pessoas sem saber o que fazer. Era um momento de reorganização da gestão pública. Mas, hoje, tem várias denúncias. Estou vendo que está generalizada a denúncia.  Tanto é que o presidente da associação relatou a situação dessas pessoas. Uma das denúncias que recebi foi de uma pessoa que precisa fazer a hemodiálise. Sabemos que quem precisa fazer, não pode esperar. Não tinha um leito. Não tinha local adequado para a pessoa fazer.  E a resposta do Poder Público é que estão em ações contra o coronavírus.  Não podemos aceitar. A gestão pública deveria estar a todo vapor e eficiência na proteção das pessoas. É por isso que estou aqui desde o início reclamando e cobrando planejamento e gestão”, ressaltou.

 

Luz afirmou que os estados já estão apresentando os planejamentos, enquanto o Acre não avançou. Ele ainda frisou que seguirá cobrando os planos do Governo para a população no geral.

 

“Olha São Paulo, que eu tenho tanto criticado. Já foi anunciado pelo governador a flexibilização do comércio, através de um protocolo apresentado ontem. O Amazonas, especificamente Manaus, que sofreu bastante, já tem planejamento desde a semana passada. E o Acre? Quando a gente reclama, quando a gente critica, o próprio governador fala que tudo que a gente faz é politicagem. Mas não é.  Eu estou como cidadão de Rio Branco cobrando o governador. As ações do governador estão prejudicando os rio-branquenses. Eu, sendo vereador, fiscal, como representante público dos rio-branquenses, vou defendê-los. Eu quero e peço, mais uma vez, que até o final deste mês de maio este plano do governador exista para que a normalidade comece  a voltar”, disse.

 

Luz encerrou o discurso pedindo urgência ao secretário estadual de Saúde quanto às pessoas que necessitam realizar o tratamento de hemodiálise.

 

“Peço para o secretário Alysson Bestene que ele olhe urgentemente para essas pessoas que precisam fazer hemodiálise. Que as pessoas tenham o mínimo de tratamento, cuidado e respeito. Estão reclamando que não tem máscara e gel. Não quero fazer nenhum juízo de valor, mas ontem morreu o senhor Antonino, um morador antigo aqui do Tancredo Neves, que foi motorista de ônibus da ETCA e da São Roque e que tinha um carinho muito grande da comunidade. Ele fazia hemodiálise. E ontem quando foi fazer mais uma vez passou mal e veio a óbito. Vou apresentar hoje, inclusive, moção de pesar”, lamentou João Marcos Luz.

error while rendering plone.comments