Vereador Ismael Machado (PSDB) denuncia represálias contra funcionários do Barral y Barral e solicita que o MP fiscalize a prefeitura quanto ao Plano de Vacinação da Covid-19

por Lucivania Marques publicado 02/03/2021 17h39, última modificação 02/03/2021 17h39

O vereador Ismael Machado (PSDB) usou o grande expediente da sessão desta terça feira (02), para fazer denúncias que os postos de Caps de Rio Branco estavam sem médicos e totalmente abandonados pelo poder público e que servidores do Barral y Barral estariam sofrendo represálias por caprichos da gestão. Segundo o parlamentar as denúncias e que os servidores estariam com medo de se manifestar em relação aos constantes erros do cronograma de vacinação, pois temiam ser afastados de seus cargos, como já havia acontecido com uma enfermeira da unidade.

Mediante a esses fatos, o vereador apresentou um requerimento, aprovado por unanimidade na ordem do dia, solicitando que o Ministério Público do Estado do Acre, venha intervir, cobrando e fiscalizando a Prefeitura de Rio Branco, quanto ao plano de vacinação, bem como as ações adotadas para conter a pandemia da Covid-19 em nosso município.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.