Vereador Adailton Cruz critica prefeito Bocalom pela anulação do decreto que liberava o funcionamento dos templos religiosos.

por Lucivania Marques publicado 13/04/2021 17h18, última modificação 13/04/2021 17h18

Na sessão desta terça-feira (13) o vereador Adailton Cruz (PSB) teceu duras críticas e lamentou a postura do prefeito Tião Bocalom (PP) em relação à decisão não de liberar as atividades religiosas na capital aos finais de semana, feriados e pontos facultativos.

Para o parlamentar, a anulação deixa claro que o prefeito Tião Bocalom faz uma gestão precipitada, fraca e insegura. “Isso demonstra que é um governo precipitado, fraco e inseguro. Quando você faz um ato você tem que estar preparado para arcar com as consequências. A atividade religiosa é essencial e o que ele fez foi um desrespeito a comunidade religiosa” disse o vereador.

Ainda em sua fala o vereador falou sobre a ilegalidade de proibir o direito constitucional das pessoas, defendeu que as igrejas e o comércio em geral não são responsáveis pelo caos que a saúde se encontra e exigiu que o poder público fiscalize, ofereça segurança e mais condições para as pessoas.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.