Secretário Municipal De Cuidados com a Cidade esclarece acusações de suposta prática de assédio moral contra empresários e servidores

por Lucivania Marques publicado 10/08/2022 15h24, última modificação 10/08/2022 15h24

Atendendo ao requerimento de autoria do vereador Fábio Araújo (PDT), o Secretário Municipal De Cuidados com a Cidade (SMCCI), Joabe Lira compareceu à Câmara Municipal para prestar esclarecimento, na sessão desta quarta-feira (10), a respeito das acusações apresentadas pelo vereador Fábio, de prática de assédio moral contra empresários, além de irregularidades nos processos licitatórios e a execução do programa de iluminação pública do município.

Joabe Lira apresentou informações a respeito dos processos licitatórios e destacou que todos os processos possuem Parecer Jurídico emitidos pela Procuradora Geral do Município, quanto a sua legalidade e transparência, bem como acompanhamento por parte do Tribunal de Contas do Estado do Acre, através do sistema LICON, em referência as impugnações ou questionamentos fazem parte do trâmite processual comuns em todo processo licitatório, sendo todos respondidos pela parte técnica da SMCCI.

Em outro momento sobre o assédio moral, o secretário disse que a denúncia e infundada e apresentou notas emitidas pelas empresas que prestam serviços a secretaria desmentido tais fatos e ainda afirmou que todos os colaboradores são tratados com cordialidade e o que trabalho de toda equipe é devidamente respeitado.

Autor do requerimento, Fábio Araújo (PDT), voltou a questionar sobre as tratativas com relação aos direcionamentos que tem dentro dos processos licitatórios apresentados pela empresa e também reafirmou a necessidade de fiscalizar esses contratos e o tratamento dado as empresas e a população de Rio Branco, e que as indicação apresentadas pelo parlamento mirim sejam atendidas.

‘’Só estou querendo a verdadeira transparência pública na execução dos contratos públicos’’, disse o vereador.

Joabe Lira encerrou a fala dizendo que a secretaria se mantém de portas abertas e estendeu o convite aos demais vereadores e reafirmou o compromisso com a transparência da gestão.

“Não existe direcionamento de licitações e muito menos assédio, todos os processos são feito dentro da legalidade e nós trabalhamos com profissionais que presa por seus nomes e pelo seu CPF, sabemos que o cargo público é um cargo passageiro, e o que queremos deixar para Rio Branco é um trabalho sério e com total transparência”, concluiu.