Secretaria de Estado de Educação adere Campanha de Prevenção da Síndrome Alcoólica Fetal

por Victor Augusto Farias publicado 11/09/2019 16h43, última modificação 11/09/2019 16h43

A comissão organizadora da Campanha de Prevenção da Síndrome Alcoólica Fetal (SAF) firmou uma importante parceria com a Secretaria de Estado de Educação, a fim de promover informação sobre o assunto entre estudantes e professores da rede pública de ensino do Acre.

A agenda foi articulada pelo vereador Rodrigo Forneck (PT), que junto da coordenadora da Campanha de Prevenção e Conscientização da SAF, Cleisa Brasil, reuniu-se com o secretário de Estado de Educação, Mauro Sérgio Cruz, e o chefe da Educação Básica no Estado, Manoel de Jesus, na tarde da última terça-feira.

“Essa parceria é muito importante para que possamos tirar as pessoas do universo da desinformação sobre a SAF, a partir da permanência de conteúdos didáticos sobre o assunto na rede pública”, frisou Cleisa Brasil.

A ideia é que um curso de formação com profissionais da área de saúde seja oferecidos aos professores de áreas afins.

“Agradeço a atenção do secretário em nos receber e topar essa importante parceria. Infelizmente, o consumo de álcool durante a gravidez ainda é muito comum, pois as mães desconhecem os malefícios causados. Levar informação às escolas é primordial para mudar essa realidade e garantir que as nossas crianças tenham mais saúde”, salientou Forneck.

De acordo com estudos, 30% dos filhos de mulheres que consumiram álcool, no período de gestação, desenvolvem a Síndrome Alcoólica Fetal. Rio Branco já possui um instrumento jurídico que tornou obrigatório a identificação e atenção aos casos na rede pública de saúde e que instituiu a Semana de Prevenção e Conscientização da SAF. A lei 2.275, de autoria do vereador Rodrigo Forneck, foi sancionada no ano passado pelo ex-prefeito Marcos Alexandre.  

error while rendering plone.comments