Na tribuna, Arnaldo Barros diz que Leis de sua autoria e sancionadas pelo prefeito Tião Bocalom não estão sendo cumpridas pela gestão.

por Lucivania Marques publicado 11/05/2022 15h45, última modificação 11/05/2022 15h45

Na sessão desta quarta-feira (11), o vereador Arnaldo Barros (Podemos) voltou a revindicar do executivo municipal o cumprimento das Leis aprovadas pelo parlamento mirim e sancionadas pelo prefeito Tião Bocalom. Em sua fala o orador, citou o PL que dispões sobre a divulgação em site eletrônico oficial, as escalas de plantões médicos realizados nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), e o PL que dispõe sobre a divulgação on-line da lista de medicamentos disponíveis na rede Municipal de Saúde, segundo ele, as referidas Leis não estariam sendo cumpridas pela gestão e cobrou providências do poder público.

 Em outro momento o orador também alertou para necessidade do intérprete de libras as unidades de saúde da capital, tema que já foi bastante debatido na casa de leis em diversas audiências públicas e espaços na Tribuna popular.

‘’Estou aqui dizendo que essa Lei Municipal que ampara os surdos não esta sendo cumprida no Acre e nem em Rio Branco, essa Lei de interprete de libra se faz necessário em todas as unidades de saúde, estou fazendo o uso dessa tribuna porque aqui é a casa do povo, nós fomos eleitos para representar o povo, acredito que quase todos os vereadores têm Projetos de Leis aprovados, mas a questão é quantos estão colocados em prática? ‘’, indagou o vereador.