Jarude questiona processo licitatório de merenda escolar e alerta: “vamos fiscalizar item por item”

por Victor Augusto Farias publicado 08/08/2019 18h55, última modificação 08/08/2019 18h55

Em tribuna na sessão desta quinta-feira, 08, o vereador Emerson Jarude (sem partido) comentou a denúncia de cartel aberta no Ministério Público Estadual (MP/AC) por um grupo de empresários para investigar o processo licitatório que adquiriu alimentos para a merenda escolar de Rio Branco. Jarude alertou os funcionários das escolas para que não assinem notas de recebimento de produtos não entregues: “Vamos fiscalizar item por item”, anunciou.

Jarude iniciou a fala mencionando a sua experiência em processos licitatórios e que após participar do certame da licitação, ocorrido no último dia 02, anunciou que fiscalizará a entrega dos itens pelas empresas ganhadoras.

Uma das preocupações expostas pelo vereador foi o lance de um produto com um valor que a própria fábrica não conseguiu cobrir, o que pode resultar na não entrega de todos os produtos licitados, já que a empresa ganhadora aparentemente não terá lucros com os valores abaixo do preço de fábrica.

“A nossa equipe vai fiscalizar de perto item por item, e tanto quem for responsável pela entrega, a empresa, quanto quem estará recebendo, os funcionários das escolas, serão responsabilizados civil e criminalmente se por ventura estiver em desacordo com aquilo que for licitado. A nossa equipe estará de olho nessa licitação que é uma das mais importantes para o município.”.

Assessoria

 

 

error while rendering plone.comments