Câmara recebe representantes do Conselho Tutelar que reivindicam valorização profissional

por Lucivania Marques publicado 10/03/2022 15h54, última modificação 10/03/2022 15h54

A convite do vereador Fábio Araújo (PDT), o espaço Tribuna Popular da Câmara Municipal de Rio Branco recebeu nesta quinta-feira (10), representantes do conselho tutelar o Sr. Fabio Melo – Conselheiro Tutelar e o Sr. Ari Soares De Oliveira, que reivindicaram a valorização profissional e a correção salarial.

Sr. Fabio Melo – Conselheiro Tutelar, relatou as dificuldades enfrentadas pela categoria para executar os trabalhos e fez relatos de ameaças e até mesmo um episódio envolvendo sequestro que uma equipe de conselheiros teria sofrido. Ainda em sua fala, destacou a importância do trabalho exercido pelo conselheiro para vida da população e reivindicou a devida valorização por parte da gestão a esses trabalhadores.

‘’Importante ressaltar que essas dificuldades nós passamos todos os dias, inclusive sofrendo ameaça de morte, situações que a gente passa diariamente, inclusive eu e a conselheira Lucimar e o motorista, passamos por uma situação muito difícil, fomos refém por quatro horas (...) são situações que nós passamos todos os dias essa questão de ameaças e nós estamos aqui em busca de algo que é de direito nosso, estamos sofrendo a defasagem do nosso salário há muito tempo’’ lamentou Fabio.

Sr. Ari Soares De Oliveira, reiterou as palavras feita por Fabio, e se mostrou preocupado com a desvalorização do Conselheiro Tutelar na Capital, e frisou a necessidade de haver o diálogo com o Executivo. De acordo com Ari, só será possível a correção salarial quando houver a alteração da Lei 2.150 de 2015.

“Conversamos com o Douglas secretario, e ele disse ‘’o prefeito precisa alterar a Lei 2.150 mandar para Câmara, a Câmara votar e aí vai fazer o reajuste salarial de vocês’’, vejam bem, nós não estamos atrás de aumento, não estamos pedindo salários gordos nós estamos pedindo uma correção desse salário que desde de 2018 não acontece’’  destacou.

Autor do requerimento o vereador Fábio Araujo (PDT), informou que já teria realizado reunião com os conselhos a respeito desse tema desde o ano passado, porém, nada foi resolvido até o momento.

‘’Nós já temos conhecimento bem dessa luta e acompanhamos há muito tempo, é não e só questão salarial e também as condições de trabalho que vocês desenvolvem com a nossa juventude com as nossas crianças no nosso município de Rio Branco, então nós precisamos uma atenção do nosso Executivo com relação a isso’’, destacou o vereador.

Ao final, a vereadora Lene Petecão (PSD), disse que irá apresentar um encaminhamento para reunir com as comissões e com secretário para conversar a respeito para viabilizar a correção salarial desses servidores.