Câmara inicia sessão extraordinária para apreciação dos projetos que concede aumento da remuneração salarial dos servidores municipais

por Lucivania Marques publicado 22/04/2022 11h35, última modificação 22/04/2022 11h35

A movimentação na Câmara Municipal de Rio Branco já era intensa nas primeiras horas do dia, os manifestantes já ocupavam a frente do prédio com carro de som para acompanhar a sessão extraordinária convocada pelo prefeito Tião Bocalom com objetivo de dar celeridade a votação dos Projetos de Lei que altera o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) dos servidores do Município.

O presidente da casa, vereador N.Lima, abriu a sessão e pediu  a compreensão dos manifestantes por não poder receber a comissão do sindicato da educação, devido ao quadro reduzido de funcionários em razão do ponto facultativo e explicou como irá funcionar os trâmites da sessão extraordinária

“Nós vamos abrir a sessão, pedir ao secretário o vereador Antônio Morais que leia o expediente, não vai ter discursão nesse momento, nós vamos suspender a sessão para que a gente convoque as comissões para que comece o debate e haja votações, porque é bem rápido que os pareceres já estão aí, o que faltar toda a equipe da prefeitura está aqui para que auxilie essas comissões nas diligências’’, explicou o presidente.

Antes de suspender a sessão para apreciação dos projetos pelas comissões, N.Lima comunicou a retirada da pauta do Projeto de Lei Complementar do pedido de criação de 84 novos cargos de natureza civil e militar no âmbito da prefeitura de Rio Branco

“Está retirado esse projeto  a pedido do prefeito Tião Bocalom, que enviou o oficio a esta casa ,não é que seja ilegal, tendo em vista que nós estamos fazendo uma Sessão Extraordinária exclusiva, para aprovar projetos de relevância e urgência e urgentíssima e esse projeto não estava, e dentro de uma conversa foi acordado com a prefeitura a retirada do projeto’’.

A sessão foi suspensa por tempo indeterminado e aguarda o parecer das Comissões Permanentes.