Câmara de Vereadores promove audiência pública sobre Síndrome Alcóolica Fetal

por Victor Augusto Farias publicado 07/09/2019 17h25, última modificação 07/09/2019 17h25

A Câmara de Vereadores de Rio Branco vai protagonizar um importante debate nesta segunda-feira, 9, sobre as políticas públicas voltadas para a Síndrome Alcóolica Fetal (SAF). Proposta pelo presidente da Comissão de Saúde, vereador Rodrigo Forneck (PT), a audiência marca o início das atividades da Semana de Conscientização e Prevenção da SAF.

O debate se inicia às 9 horas e conta com a presença do Ministério Público Estadual (MPE), Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretária de Saúde, Sociedade Acreana de Pediatria, Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia, Liga Acreana de Pediatria, Conselho Regional de Medicina, Universidade Federal do Acre (Ufac), Conselhos Regionais de Psicologia e o de Enfermagem, Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e do Centro Universitário Uninorte.

“Muitas mães desconhecem os problemas que o álcool causa, se consumido na gravidez. Por isso, criamos a lei que estabelece diretrizes para conscientização sobre os riscos da ingestão de bebidas alcóolicas e demais substâncias psicoativas, lícitas ou ilícitas, no curso da gravidez, responsáveis pela SAF. A audiência pública, põe tudo isso em evidência para a sociedade”, salienta Rodrigo.

A lei de autoria do vereador Rodrigo Forneck, que dispõe sobre diretrizes para a conscientização sobre a Síndrome Alcóolica Fetal e implementou a Semana de Conscientização e Prevenção da SAF, foi instituída em 2017. O instrumento jurídico representa um avanço para o movimento social.

“A lei apresentada e defendida pelo vereador Rodrigo Forneck possibilitou uma das questões mais importante para nós: a transformação do trabalho de divulgação e educação sobre a SAF em política pública. A partir daí muitos outros passos poderão ser dados, no sentido de melhor preparar as redes de assistência social e saúde no trabalho de prevenção e atendimento às mães e crianças com a síndrome”, endossa a coordenadora da campanha, Cleísa Brasil.

A audiência pública da Câmara de Vereadores de Rio Branco é aberta ao público.

error while rendering plone.comments