Arnaldo Barros diz que vai protocolar requerimento solicitando retratação do diretor da Zeladoria da Cidade para os trabalhadores

por Lucivania Marques publicado 18/03/2021 20h30, última modificação 18/03/2021 20h30

Após ouvir os relatos dos garis que participaram da Tribuna Popular na sessão desta quinta-feira (18), que explanaram sobre os fatos ocorridos na ultima segunda-feira , durante a manifestação em  frente do prédio da zeladoria, o  vereador Arnaldo Barros (Podemos), repudiou a declaração do diretor da Zeladoria, Marcos Vitorino, que justificou o episódio que resultou na presença da tropa de choque do Bope contra os garis e margaridas, em decorrência dos trabalhadores terem antecedentes criminais.

O parlamentar afirmou que esse tipo de alegação é crime de discriminação e que os vereadores não permitirá essa conduta e presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Rio Branco irá protocolar um requerimento solicitando a retração pública do diretor com os trabalhadores.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.