“As pessoas também vão morrer de fome” diz vereador Samir Bestene (PP) ao pedir flexibilização do decreto para os comerciantes

por Lucivania Marques publicado 18/02/2021 17h05, última modificação 18/02/2021 17h05

O progressista, Samir Bestene, fez um apelo ao governo e prefeitura quanto à flexibilização da decisão do Comitê Acre Sem Covid-19, que determinou no dia 01 de fevereiro, em virtude do repentino agravamento da pandemia, o fechamento de serviços considerados não essenciais em todo o Acre.

O parlamentar relatou que tem recebido inúmeras ligações dos empresários do segmento de bares e restaurantes e que a situação é bastante preocupante, e que famílias estão passando necessidades, pois o comércio com as portas fechadas,  a única solução é uma demissão em massa. Na ocasião o vereador também pediu ao prefeito Tião Bocalom (PP) que apresente um plano municipal do Refis para contemplar esses empresários que tiveram seus estabelecimentos fechados em razão do decreto nº 7.849.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.